Ibersol admite encerrar restaurantes em Portugal

O grupo Ibersol tem as marcas KFC, Burger King, Pans & Company, Pizza Hut e Pasta Caffé.

O grupo Ibersol admite fechar os restaurantes que explora em Portugal, mantendo apenas os que prestem serviços de interesse público, depois de em Espanha ter encerrado a esmagadora maioria e suspendido temporariamente os contratos dos trabalhadores, informou em comunicado.

“Em função da análise mais aprofundada das decisões do Governo, admitimos, com grande probabilidade, que sejamos também obrigados a encerrar uma boa parte das unidades que exploramos, mantendo abertas as que venham a prestar serviços de interesse público”, disse o grupo em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), acrescentando que, “com grande probabilidade, toda a atividade poderá estar encerrada a muito curto prazo”.

A Ibersol, que representa a Pizza Hut e a Burguer King, afirmou ainda que está a tentar definir “a melhor forma de superar o período que se avizinha”, para que possa “retomar as suas atividades quando as circunstâncias o permitam”.

Sobre a operação que tem em Espanha, indicou que após a declaração de estado de alarme foram encerrados a “esmagadora maioria” dos restaurantes, tendo ficado “excluídas algumas unidades residuais localizadas nos aeroportos” por determinação das autoridades para prestação de serviços mínimos.

Ainda em Espanha, na sequência do fecho dos restaurantes, a Ibersol ativou o regime ‘Expediente de Regulación Temporal de Empleo (semelhante ao português ‘lay-off’, suspensão temporária dos contratos de trabalho)’, o qual “abrangeu a totalidade dos trabalhadores”.

A Ibersol adiantou que está a enfrentar a pandemia da Covid-19 com “responsabilidade e sem precipitações, respeitando os direitos dos seus trabalhadores e clientes”, e seguindo as recomendações dos organismos de saúde pública e governamentais de Portugal e Espanha.

O grupo Ibersol, que tem como principais acionistas António Teixeira e António Pinto de Sousa, opera no negócio da alimentação com marcas como KFC, Burger King, Pans & Company, Pizza Hut e Pasta Caffé.

No final de setembro de 2019, tinha 647 unidades, das quais 341 em Portugal (340 próprias e uma franquiada), 288 em Espanha (178 próprias e 110 franquiadas), 10 em Angola e oito noutras localizações.

Nos primeiros nove meses de 2019, últimas contas conhecidas, a Ibersol teve lucros de 10,5 milhões de euros, abaixo dos 23,9 milhões de euros dos primeiros nove meses de 2018.

 

OS NÚMEROS DO CORONAVÍRUS

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da Covid-19, infetou mais de 200 mil pessoas em todo o mundo, das quais mais de 8.200 morreram.

Em Portugal, a Direção-Geral da Saúde elevou quarta-feira o número de casos confirmados de infeção para 642, mais 194 do que na terça-feira. O número de mortos no país subiu para dois.

A Assembleia da República aprovou hoje a declaração de estado de emergência em Portugal proposta pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, para tentar reduzir a propagação da Covid-19.

O projeto de decreto prevê que o estado de emergência vigore por 15 dias, como previsto na lei, e contempla a possibilidade de confinamento obrigatório compulsivo em casa ou em estabelecimento hospitalar e restrições à circulação na via pública, a não ser que seja justificada, nomeadamente por razões profissionais, de saúde, assistência a terceiros ou abastecimento de bens e serviços.